Bombeiros realizaram 2.515 operações de atendimento e combate a incêndios em 2019

0
1

O Corpo de Bombeiros Militar (CBPM) realizou 2.515 operações de atendimento durante o ano de 2019, que resultaram na proteção e segurança de centenas de famílias e do patrimônio natural de Rondônia.

De acordo com relatório produzido pelo 1º Grupamento de Bombeiro Militar (1ºGBM), e divulgado pela Secretaria de Segurança e Defesa da Cidadania (Sesdec), desse número de operações e atendimentos, cerca de mil ações foram principalmente de combate a incêndios de vegetação urbanos e rurais, que irromperam em áreas dos municípios de Ji-Paraná (165 casos), Rolim de Moura (137), Vilhena (149), Guajará Mirim (20), Cacoal (126), Jaru (76), Pimenta Bueno (132), Porto Velho (105), Ariquemes (90), Ouro Preto do Oeste (26), Cerejeiras (79), Espigão do Oeste (68), Machadinho do Oeste ((54), Buritis (31) e Candeias do Jamari, com 31 casos de incêndios.

As ações do Corpo de Bombeiros foram igualmente fundamentais no combate aos incêndios residenciais e comerciais, com o registro de 498 ocorrências no Estado, que demandaram medidas rápidas e seguras para evitar maiores prejuízos materiais e salvar vidas. Neste quadro, segundo dados do relatório do CBM, o Município de Porto Velho, por ser maior, e de contingente populacional também maior, foi o que registrou os maiores índices de ocorrências, com nada menos de 113 casos de incêndios residenciais e 27 em estruturas comerciais no período.

Pela indicação do relatório os desafios dos bombeiros rondonienses foram grandes, e além de todas essas ocorrências, o CBM também atuou em 2019 no combate e socorro a 151 incêndios de veículos.

Contudo, uma das grande demandas do Corpo de Bombeiros de Rondônia neste exercício foram as 596 ações de salvamento, buscas e resgates, sempre com muitas ocorrências, para atendimentos de pessoas presas em ferragens, desaparecidas em ambiente de selva, afogamentos, salvamento em altura, naufrágio e resgate de animais silvestres, sempre com muito esforço e rapidez, como é de sua missão, para evitar salvar vidas.

Fonte: RondoniaAgora

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here