Caminhoneiro de Jaru que morreu comemoraria o aniversário na próxima segunda, dia 30, com familiares

0
2

Na cabine estavam a esposa e mais três filhos. Dois sobreviveram, mas estão internados em Vilhena.

Maely Souza, Sérgio de Jesus e a filha Karen morreram em acidente na BR-364 — Foto: Reginaldo de Jesus/Arquivo pessoal

O acidente que aconteceu na noite do sábado, dia 28 de dezembro, na BR-364, próximo do Hotel Fazenda Ávila, tirou a vida de ao menos seis pessoas, sendo três da mesma família e que estavam no caminhão que perdeu o controle e bateu frontal com o coletivo que seguia para Porto Velho.

Sérgio de Jesus Pereira, tinha 33 anos e viajava com a família para comemorar seu aniversário de 34 anos, nesta segunda-feira, dia 30 de dezembro.

Colisão entre ônibus e carreta deixa vários feridos e mortos em Rondônia — Foto: Rômulo Azevedo/Arquivo Pessoal

Com ele [Sérgio] no caminhão, estavam a esposa e mais três filhos. Um irmão de Sergio disse que havia liberação por parte do chefe da empresa para que o motorista levasse na cabine a família para o estado de Goiás no Centro Oeste, onde comemorariam o aniversário dele. Reginaldo de Jesus Pereira não disse para qual cidade a família seguia.

Sérgio será sepultado em Tarilândia, distrito de Jaru (RO) há 290 km de Porto Velho. A esposa poderá ser levada para a cidade de Humaiatá, no Amazonas onde mora seus familiares.

As autoridades divulgaram que os mortos no acidente são:
No ônibus – Luiz Carlos Amaro, 51 anos, motorista e dono da Bruna Turismo. Ademir Valério de Oliveira, 52 anos, motorista reserva do ônibus.

Maria Pereira da Costa, 52 anos, passageira do ônibus. Esta vítima residia em Vilhena.

No caminhão estavam:
Sérgio de Jesus Pereira, 33 anos, motorista e Maely Souza, 20 anos, sua esposa além da filha do casal, Karen que tinha apenas 2 anos.

Os dois filhos do motorista do caminhão, que sobreviveram estão internados em Vilhena. Adriel Diniz Pereira, de 5 anos, sofreu uma fratura no fêmur e Áquila Diniz Pereira que tem 10 anos, teve uma perfuração no baço e está na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) em estado grave, segundo a Secretaria de Saúde de Vilhena, que divulgou logo pela manhã as informações sobre os feridos através de boletim.

A outras vítimas do acidente e que estavam no ônibus, não estão em estado grave, apesar de que algumas foram cirurgiadas.

Ônibus ficou destruído com a força do impacto
Ônibus ficou destruído após colisão na BR-364 — Foto: Rômulo Azevedo/Rede Amazônica

Jornal Eletrônico PortalP1

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here