COMPOSITOR QUE PROCESSA WESLEY SAFADÃO POR PLÁGIO PEDE A PRISÃO DO CANTOR

0
5

O mercado fonográfico sempre existiu baseado na relação de cantores e compositores. A premissa básica é respeitar a lei dos direitos autorais, que foi criada para garantir que o criador e demais artistas sejam remunerados pelo uso de suas músicas, quando elas forem utilizadas por terceiros. É basicamente uma forma de remunerar aqueles que vivem de música.

Entretanto, essa questão nem sempre é respeitada e profissionais recorrem à Justiça quando se sentem “lesados”. É o caso do compositor cearense Jonas Alves, que está processando o cantor Wesley Safadão por danos materiais e morais da música ‘A Vaqueirinha Maltrata‘, que faz parte do álbum ‘Diferente Não, Estranho’ (lançado em 2018 pelo artista) e também já foi gravada por Mano Walter.

Jonas foi à polícia e registrou um boletim de ocorrência por crime contra a propriedade imaterial. Segundo o compositor, uma audiência de conciliação já foi feita, mas Safadão e seus advogados apresentaram uma “defesa fajuta com mentiras” e nenhuma proposta de acordo foi apresentada.

Após recorrer à Justiça para receber o que tem direito pela gravação e veiculação da música, Jonas passou a ser apontado como uma pessoa que quer enriquecer ilicitamente e ganhar visibilidade em cima de Safadão.

Ele não escuta os desaforos calado e se defende: “O mocinho aqui sou eu, não ele. Quem está ganhando ilicitamente é ele. Safadão gravou uma música sem nenhuma autorização, eu acho que ele devia ter vergonha na cara”, afirma o compositor em entrevista ao jornal ‘Metrópoles’.

A defesa de Jonas declarou ter pedido a prisão preventiva de Safadão, pois essa não é a primeira vez que ele é acusado pelo mesmo crime. Existe, inclusive, um terceiro caso de plágio contra o artista sendo analisado.

“Em 2020, abri um processo contra o Wesley por crime de violação de direito autoral, que está previsto no art. 184 do Código Penal. Agora, fiz esta ocorrência na delegacia para seguir com o processo criminal. Eu fiz isso pra ele aprender a respeitar daqui pra frente os direitos de nós compositores”, pontuou Alves.

“Esperei por um acordo dele no dia da audiência de conciliação. Ainda estou disposto a um acordo amigável, apesar de que amizade não existirá mais. O valor total do processo é R$ 4,7 milhões”, finaliza o compositor.

A assessoria de Wesley Safadão preferiu não se pronunciar sobre o caso.

QUEM É JONAS ALVES

Cantor e compositor cearense com 25 anos de carreira, Jonas Alves tem mais de 500 músicas gravadas. Uma delas é o sucesso ‘Ressaca de Saudade‘, gravada em 2017 por… Wesley Safadão!

Até algum tempo atrás, a relação dele com Wesley era saudável e de amizade. Em 2017, durante uma entrevista para um programa regional da TV Globo, ele falou sobre como é ter sucessos gravados por artistas famosos.

“É uma satisfação muito grande para um artista ver seu trabalho reconhecido e reproduzido no Brasil ou até mesmo fora. São 25 anos de muito trabalho, de muita dedicação. Agora é seguir caminhando pelo Brasil. Temos shows marcados em São Paulo, Mato Grosso e até mesmo na Europa, no fim do ano”, contou Jonas na época.

Jonas tem músicas gravadas por outros artistas nacionais renomados, como: Gusttavo Lima, Jorge & Mateus, Bruno & Marrone e Aviões do Forró.

Fonte: Revista.Cifras

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here