728 x 90

Cresce 20% número de acidentes com motociclistas em Rondônia

O número de motociclistas vítimas de acidentes em Rondônia cresceu 20% este ano, em comparação com o mesmo período do ano passado, conforme relatório divulgado nesta semana pela Polícia Rodoviária Federal (PRF). Os dados apontam que, de 15 de agosto a 25 de setembro, houve 225 colisões dessa natureza em todo o estado, contra 187 registros em 2018. Conforme o Departamento Estadual de Trânsito (Detran-RO), mais de 80% dos acidentes registrados nas vias de Rondônia envolveram motos. Nos primeiros seis meses de 2019, 2.375 vítimas deram entrada no Hospital e Pronto Socorro João Paulo II. O ortopedista Bruno Vasconcelos explica que a fragilidade da motocicleta expõe ainda mais as fraturas, como tíbia, antebraço, joelhos, punhos e mãos.
“Além das fraturas em si, tem a questão da lesão dos nervos, que é muito importante. É uma sequela que pode ter repercussão com o indivíduo com relação ao seu trabalho, com relação a qualidade de vida, porque as sequelas que ele vai ter, muitas vezes são sequelas permanentes e irreversíveis”, explicou. Para o especialista em trânsito Sérgio Augusto, o ideal é colocar agentes nas ruas para que as colisões sejam evitadas. “Qualquer retirada não só de radar, mas do agente público. Quando você vê o agente público no local, a incidência diminui muito, drasticamente. Você pega um agente de trânsito ou um policial rodoviário federal, ou um policial militar, e se coloca em uma esquina você vai verificar que, com menos de 15 dias, vai baixar drasticamente de 80 a 90%”, disse.

Casos com morte

No fim de agosto, um motociclista morreu em um acidente de trânsito no Km 295, da BR-364, entre Presidente Médci (RO) e Cacoal (RO). O acidente aconteceu por volta das 18h. Segundo a PRF, o jovem perdeu o controle da moto e saiu da pista. Com isso, ele e o garupa caíram. Ambos foram socorridos no local, mas devido a gravidade das lesões, o piloto não resistiu e morreu. Já o garupa teve ferimentos leves e passa bem.
Em julho, uma carreta passou sobre uma motocicleta com duas pessoas na BR-421 em Monte Negro (RO), no Vale do Jamari, O condutor da moto, Antônio Agostino, de 59 anos, não resistiu aos ferimentos e morreu no local. O passageiro da moto, de 28 anos, foi socorrido ao hospital local e transferido para o João Paulo II em Porto Velho. A moto ficou totalmente destruída.
Fonte: G1.Globo

Comentarios

os comentaio sao de sua problia responsabilidade *

Novidades

TOP 10 Musicas

  • banner lateral 2
  • Farmacia preço baixo