Gaeco realiza nova fase da operação Boi Gordo em Rondônia

0
4

 

O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO), do Ministério Público de Rondônia (MP-RO), realiza nesta quinta-feira (12) a segunda fase da Operação Boi Gordo, que apura a atuação de um grupo que atua no estado para impedir fiscalizações de ICMS e, consequentemente, sonegava imposto ao governo.

A primeira fase da operação Boi Gordo foi realizada no dia 3 de dezembro, e agentes chegaram a cumprir mandados de busca e apreensão na casa do vice-prefeito de Porto Velho, Edgar do Boi (DC).

Segundo o Gaeco, a operação foi iniciada em virtude de fatos investigados conexos e correlatos revelados nas operações “Greenfield”, “Sépsis”, “Cui Bono (Lava Jato)” e “Carne fraca”.

Nesta segunda fase da operação são investigados elementos de prova relativos a novos investigados que surgiram na primeira fase, como lavagem de capitais.

“Apuramos o envolvimento de outras pessoas nessa organização criminosa. Os levantamentos são de lavagem de dinheiro, crimes contra a ordem tributária e organização criminosa. Aproximadamente seis ou sete pessoas estão envolvidas nesses crimes que estamos investigando”, explicou o promotor João Francisco Afonso.

Estão sendo cumpridas três medidas de busca e apreensão em residências e escritórios de advogacia dos novos suspeitos em Porto Velho e no interior do estado de Rondônia. Foram apreendidos documentos, aparelhos celulares e computadores.

Até o momento, não houve nenhum mandado de prisão expedido aos investigados.

Fonte: G1.Globo

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here