728 x 90

‘Old town road’, de Lil Nas X, bate recorde de semanas seguidas em 1º lugar na parada da ‘Billboard’ dos EUA

Country-rap completou 17 semanas no topo do Hot 100, maior período consecutivo na liderança na história. Saiba como rapper novato de 20 anos viralizou com mistura inesperada.

A música “Old town road”, do rapper Lil Nas X, completou nesta segunda-feira (29) 17 semanas seguidas no 1º lugar do ranking Hot 100 da revista “Billboard” dos EUA, e se tornou o hit que ficou mais tempo na história parada.

O recorde anterior, de 16 semanas, era de “Despacito” (Luis Fonsi com a participação de Daddy Yankee, de 2017) e “One Sweet Day” (Mariah Carey e Boyz II Men, de 1995).

A parada Hot 100, que computa as músicas mais tocadas nos EUA, existe há 59 anos. Antes de Mariah Carey, nenhuma música havia chegado à marca de 16 semanas sem sair do 1º lugar.

Atualmente, a Billboard computa vendas físicas e digitais de singles, execuções em rádios e em serviços de streaming como Spotify e YouTube.

Hit do country rap 🤠

Lil Nas X, rapper americano de 20 anos, diz que canta country. Foi esse o estilo escolhido quando ele subiu “Old Town Road” no YouTube e em outros serviços de download e streaming, em dezembro passado.

  • Em agosto, Montero Hill, nome real do artista, comprou uma batida no site BeatStars. Pagou US$ 30 para um produtor holandês
  • Fez, então, umas rimas sobre crises de ansiedade que tinha por ser criticado pelos pais após largar a faculdade
  • Rimou com temas urbanos e rurais ao som de banjo e batidas do trap, subgênero mais arrastado e eletrônico do rap. E começou a postar fotos e vídeos com visual street e chapéu de caubói
  • Em dezembro, lançou clipe baseado no game “Red Dead Redemption II”, e a música ganhou desafio no TikTok, rede social de vídeos, com jovens dublando ou dançando como caubóis ou cowgirls
  • O sucesso começou com uma polêmica. “Old Town Road” foi removida da parada Hot Country Songs, da “Billboard”, após aparecer na 19ª posição, em março de 2019
  • A controvérsia só ajudou a torná-lo mais conhecido. A música se espalhou em sua gravação original e também em uma versão com o cantor country Billy Ray Cyrus, pai de Miley

Em junho de 2019, Lil Nas X disse em seu perfil no Twitter, e depois em entrevistas, que é gay. A cena de rap tem um histórico de homofobia entre as antigas gerações, mas há cada vez mais MCs LGBT, como o cantor de “Old town road”.

Saiba mais sobre Lil Nas X e seu improvável hit

No Brasil, a versão funk “Sentou e gostou” cavalgou neste fenômeno e alcançou a 11ª posição do Spotify no Brasil no final de julho.

Fonte: G1.Globo

Comentarios

os comentaio sao de sua problia responsabilidade *

Novidades

TOP 10 Musicas

  • banner lateral 2