Polícia faz buscas para encontrar possíveis músicas inéditas de Renato Russo

0
18

A polícia civil do Rio de Janeiro desencadeou a “Operação Será” que busca encontrar músicas inéditas registradas por Renato Russo. O líder da Legião Urbana morreu em 11 de outubro de 1996, aos 36 anos, menos de um mês depois que o álbum “A Tempestade ou O Livro dos Dias” chegou às lojas. As canções teriam sido os derradeiros registros feitos pelo astro.

Um estúdio de gravação, onde o músico costumava ensaiar, foi um dos locais onde os policiais estiveram. Há a suspeita de que o seu dono tenha guardado, sem avisar os detentores dos direitos autorais da obra do compositor, esse material. Mandados de busca e apreensão teriam sido cumpridos em mais dois endereços no Rio. Hds e cartuchos foram levados e irão passar por perícia.

A obra de Renato Russo é gerida por Giuliani Manfredini, o único herdeiro do vocalista. Foi ele quem fez a denúncia sobre a possível ocultação de músicas gravadas pelo seu pai. As investigações aconteceram em sigilo durante pelo menos um ano.

Fonte: Vagalume

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here