Psicóloga cuiabana alerta que a mente pode criar falso quadro de Coronavírus

Falta de ar é um sintoma de uma crise de ansiedade que pode ser confundido com a Covid-19

0
117
A falta de ar se manifesta na ansiedade como um sintoma disparado pelo modo de luta e fuga

Em um momento de isolamento social e incertezas, a mente e o corpo começam a dar sinais para os medos que afligem o ser humano, como as crises de ansiedade. Um dos sintomas é a falta de ar, que pode ser confundida com a Covid-19, já que um de seus indicativos também é ter insuficiência respiratória. Tal situação pode gerar ainda mais pânico durante a crise, alerta a psicóloga, Thaísa Mayara Gomes. 

“A falta de ar se manifesta na ansiedade como um sintoma disparado pelo modo de luta e fuga, que nos prepara para enfrentar uma possível ameaça. Nosso corpo fica em um estado em que não consegue diferenciar uma ameaça real de uma imaginária. Com isso, uma série de reações fisiológicas são disparadas, uma dela é a diminuição da respiração”, argumenta a psicóloga, Thaísa Mayara Gomes.

A psicóloga explica ao , que há maneiras de identificar se o sintoma é uma enfermidade ou uma crise mental, sendo importante se autoavaliação antes de ir a um hospital. 

“O primeiro passo é se questionar: estou com outros sintomas da Covid-19, como tosse, febre, e dor no corpo, ou, apenas a falta de ar? Falta de ar costumava ser um sinal ansioso meu? Antes da pandemia com que frequência eu sentia falta de ar?”, pondera Thaísa.

Uma forma de identificar esse comportamento é conversar com pessoas próximas, buscando informações e conselho em fontes confiáveis. 

Thaísa coloca que é importante fazer essa autoavaliação, pois um sintoma pode levar à catastroficação, ou seja, focar no pior desfecho e intensificar o sintoma, criado um ciclo infinito.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here