Saiba quem é o DJ que está roubando a cena com sua playlist nos jogos de vôlei das Olimpíadas

0
2
O DJ austríaco Stari, que está comandando o som das Olimpíadas de Tóquio, se tornou uma atração à parte entre os internautas brasileiros que estão acompanhando, principalmente, as partidas de vôlei. O músico chamou atenção ao mostrar que está bastante conectado com o som do Brasil, com as escolhas musicais de cada atleta e com o momento do jogo. Um exemplo disso, foi quando ele colocou a faixa “Isaac”, de Edson Gomes, para tocar na hora em que o jogador da seleção brasileira Isac entrou na quadra contra a França, surpreendendo até mesmo os comentaristas.
Stari (cujo nome real é Michael Staribacher), deu uma entrevista ao programa Mais Você, que foi ao ar nesta quinta-feira (5), falando um pouco mais sobre a escolha de sua playlist para os jogos olímpicos, que já passou por nomes como Pabllo Vittar, Tim Maia, Chitãozinho & Chororó, Barões da Pisadinha e até pagodes clássicos. O DJ contou, inclusive, que é fã do trabalho de artistas nacionais, como por exemplo, do grupo Raça Negra. “Eu amo o som do Raça Negra porque é simplesmente muito bonito, eles têm músicas lindas. Eu também gosto muito das músicas de Pabllo Vittar, são tão boas e tão bem produzidas”, disse ele. Apesar de não falar português, Stari explicou que aproveitou os meses de crise causada pela Covid-19 para conhecer mais sobre as músicas de outros países, o que ajudou a selecionar 5 mil faixas especiais para o momento de cada atleta e seleção durante os jogos. “A pandemia no último ano e meio foi uma situação difícil para mim e para todo mundo com o mesmo tipo de trabalho. Foi um período muito difícil, então tentei usar esse tempo para aprender mais sobre músicas nacionais. Não apenas brasileira, mas italiana, russa, francesa, iraniana”, disse ele. “Eu tento achar algo para cada time”. E sobre a escolha de Edson Gomes quando Isac entrou em quadra, ele explica que a sugestão veio de um fã nas redes sociais. “Tive sorte, pois tenho recebido muitas mensagens e comentários nas minhas redes e tive sorte de ler este, então deixei a música preparada e eu sabia que quando ele entrasse na quadra, ou fosse sacar, ou fizesse um ponto, eu poderia colocar essa música”. E pelo Instagram do músico, deu pra ver que ele virou fã do time feminino de vôlei do Brasil: “Nos últimos 20 anos conheci milhares de atletas, mas nunca uma equipe tão especial como essas meninas. Viva o seu sonho olímpico”, postou com uma foto tirada com a seleção antes dos jogos olímpicos.
Fonte: Vagalume

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here