The Witcher é mais popular do que The Mandalorian, cutuca Netflix

0
16

A Netflix apresentou nesta terça-feira (21) seus mais recentes resultados financeiros, dizendo que fechou o ano com alta de 20% no número de assinantes no último trimestre. A companhia afirmou que ainda não sentiu a concorrência do Apple TV+ e do Disney+ e foi além: ela provocou esse último, mostrando que a série The Witcher é bem mais popular que The Mandalorian, segundo o Google Trends, que mede o quanto o pessoal vem falando sobre certos termos na web.

Embora o derivado da franquia Star Wars tenha sido muito bem recebido por público e crítica e esteja entre os títulos mais vistos no Disney+ (e pirateados na web), ele ficou bem abaixo de The Witcher no Google Trends. Outras atrações de peso no mesmo período, como The Morning Show, com Jennifer Anniston, no Apple TV+; e Jack Ryan, com John Krasinski, no Amazon Prime Video, também foram ofuscados pela história de Geralt De Rivia.

Bem, vale destacar que a Netflix está disponível em 190 países e a série polonesa de livros de The Witcher foi traduzida para vários idiomas. Acrescente a isso o fato da franquia ter games de sucesso, incluindo The Witcher 3: Wild Hunt, considerado um dos melhores da década — e não dá para negar que a canção “Toss a Coin to the Witcher”, presente na atração, também se tornou um dos hits mais grudentos de todos os tempos.

O Disney +, por outro lado, só está disponível em cinco praças desde o lançamento em novembro: Estados Unidos, Canadá, Holanda, Austrália e Nova Zelândia. E, mesmo com o sucesso absoluto do Bebê Yoda, nem todo mundo está a par do que se trata The Mandalorian e como sua história se conecta ao universo de Star Wars — não há menção no título, por exemplo.

Estratégia da Netflix pode ter impacto negativo a longo prazo

Em suas séries, a Netflix costuma entregar todos os capítulos da temporada de uma só vez, o que garante um boom de comentários e popularidade durante a estreia e algumas semanas depois. Já o formato de distribuição do Disney+ com The Mandalorian foi mais tradicional, um episódio por semana, o que faz com que os espectadores comentem bastante cada um deles antes do próximo.

Segundo analistas, isso pode ser prejudicial para a Netflix a longo prazo, já que, depois do burburinho inicial, muita gente deixa de falar sobre o assunto quando uma nova grande atração original é promovida pelo serviço de streaming. Já no caso do Disney+, a discussão dos capítulos e a conversão por meio das opiniões e sugestões boca-a-boca na web podem ser bem maiores durante os meses seguintes (como funcionou muitíssimo bem em Game of Thrones, da HBO, por exemplo) — e, no caso de The Mandalorian, ainda há de se levar em consideração a popularidade do Bebê Yoda, que deve chegar em forma de brinquedos em breve, e, claro, suas conexões com Star Wars devem prolongar o interesse na história.

Fonte: CanalTech

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here