Última semana de ‘Salve-se Quem Puder’: Helena ataca Hugo e vilão é dado como morto

0
1

Na semana final da novela ‘Salve-se Quem Puder’, Hugo (Leopoldo Pacheco) ameaça matar Luna (Juliana Paiva) e acaba atingido por Helena (Flávia Alessandra) com um extintor de incêndio e é dado como morto
 

Na última semana da novela “Salve-se Quem Puder”Hugo (Leopoldo Pacheco) será dado como morto. Isso ocorre quando Helena (Flávia Alessandra) atinge o marido com um extintor de incêndio para evitar que o vilão atire em sua filha, Luna (Juliana Paiva). A informação é do portal “ArteBlitz”. A essa altura, Hugo já terá imobilizado a mocinha em outra ocasião após descobrir que a fisioterapeuta é uma das testemunhas da morte de um juiz.

Pouco depois, o vilão abre o jogo com a mulher e admite sua armação para separá-la de Luna e Mário (Murilo Rosa) e tenta beijar Helena de qualquer forma. Não satisfeito, Hugo ainda algema e amordaça a mulher e jovem, que estará balançada entre o amor de Téo (Felipe Simas) e o de Alejandro (Rodrigo Simas). “Não me toca! Eu não quero, Hugo!”, suplica a dona do empório. “Me beija. Eu quero te sentir pela última vez”, insiste o sócio de Dominique (Guilhermina Guinle).

 
 

Enquanto isso, Luna vai ver uma mala com as chaves das algemas e conseguirá se soltar, reforçando o instinto de sobrevivência que mostrou no começo da segunda temporada. “Larga a minha mãe!”, ordena a fisioterapeuta. Hugo tenta avançar na enteada/nora, mas deixa sua arma cair, embora a recupere antes de Luna alcançar o revólver, e mira em sua direção.

FIM DE ‘SALVE-SE QUEM PUDER’: HELENA ROLA ESCADA EM FUGA

O bandido questiona Luna a respeito das algemas e ela a engana ao falar que estão atrás dele ao ver uma chaleira com água quente. Hugo cai na história e ao dar as costas para a amiga de Alexia (Deborah Secco) é atingido com o líquido fervendo. Helena que tantas vezes só faltou bater na garota aproveita para fugir com a filha, que considerou morta por anos, pela escadaria da empresa.

Porém, o aliado de Dominique não demora para ir atrás das duas, atirando. Nisso, Helena tropeça e rola os degraus, deixando a filha aflita. “Mãe? Mãezinha, fala comigo!”, pede. O crápula aparece nesse instante e entrega quem é sua cúmplice, chocando Luna. “Você e ela? Ah, meu Deus!”, se espanta a jovem, já no térreo do prédio.

No meio da confusão, Alejandro e Téo também aparecem, uma vez que concluíram que Hugo tem culpa no desaparecimento da fisioterapeuta. “Acabou, pai, a polícia tá vindo”, alerta o documentarista, enquanto Luna checa se a mãe está viva.

FIM DE ‘SALVE-SE QUEM PUDER’: LUNA É AMEAÇADA POR HUGO

É aí que Hugo faz outro disparo e chega a mirar até no próprio filho. Enquanto isso, Helena passa a retomar a consciência. “Hugo, se é pra matar alguém, me mata. Mas não faz nada com os meus filhos, eu imploro”, suplica a empresária. “Eu queria fugir com você”, completa o bandido ao descartar a proposta da mulher. Porém, ele muda de planos e leva Luna consigo de volta até às escadas.

Embora atordoada, Helena entra no elevador, enquanto Hugo atira novamente para impedir que Téo se aproxime. “O próximo tiro vai ser nessa miserável (Luna) que destruiu a minha vida!”, ameaça. “Não, não vai ser na Luna!”, garante a empresária. Ela pega um extintor de incêndio e acerta Hugo em cheio.

 

“Acho que matei o seu pai, Téo! Mas ele me obrigou. Não tive opção!”, afirma a empresária, pasma. A polícia chega em seguida e decreta a morte de Hugo.

por purepeople

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here